Entrevistas

Quais os novos fármacos para o triénio 25/27?
Joaquim Abreu de Sousa
19 Fev. 2024

“Desafiante” foi a palavra utilizada por Joaquim Abreu de Sousa para caracterizar a sessão especial, que moderou, “Novos fármacos para o triénio 25/27, nas XII Perspectivas em Oncologia, no passado sábado, 17 de fevereiro. Esta sessão questionou “o que haverá de novo no tratamento do cancro colorretal, do cancro da próstata e do cancro da mama no triénio 25/27”. Assista à entrevista para conhecer os principais highlights.

“Atualmente, tratar só o cancro é insuficiente para dar resposta a todos os desafios do doente oncológico”
Rui Carneiro
19 Fev. 2024

“Atualmente, o cancro deixou de ser considerado uma doença terminal incurável e passou a ser encarada como uma doença crónica, que se vai prolongar no tempo e introduz muitas variantes no percurso da doença e do doente.” Palavras de Rui Carneiro, internista no Hospital da Luz com competência em Medicina Paliativa, na sessão sobre Cuidados Paliativos, nas XII Perspectivas em Oncologia. Em entrevista, o especialista destaca que, para responder a estas necessidades, é necessário existir “um conjunto de estratégias direcionadas para cada uma das necessidades dos doentes”, o chamado Plano Individual e Integrado de Cuidados. Veja a entrevista.

XII Perspectivas em Oncologia: “Um balanço positivo” sobre o debate da evolução oncológica
Miguel Barbosa
19 Fev. 2024

“O foco principal é sairmos mais ricos e com mais network, o que é muito importante”, reflete Miguel Barbosa, presidente de mais uma edição das Perspectivas em Oncologia, que terminaram no sábado, 17 de fevereiro, no Hotel Sheraton Porto. Em entrevista, o presidente destaca a importância de abordar “a perspetiva atual, mas também futura do tratamento, para incorporar da melhor forma para os doentes, durante a prática clínica”. Veja o vídeo.

“Nenhum doente tem a possibilidade de vencer o cancro sem o contributo de todas as especialidades médicas”
Luís Costa
16 Fev. 2024

“Nós temos de conseguir que cada uma das especialidades comuniquem para aquela doente em concreto a sua melhor estratégia e que consigam em conjunto estabelecê-la.” Quem o afirma é Luís Costa, diretor do Serviço de Oncologia do Hospital de Santa Maria, em Lisboa, no âmbito da sua moderação na sessão sobre cancro da mama inicial, nas XII Perspectivas em Oncologia. Veja a entrevista que partilha as principais mensagens dos vários palestrantes.

Qual o algoritmo terapêutico do cancro colorretal metastático?
Maria Teresa Neves
16 Fev. 2024

“Estas perspetivas futuras são novas armas e que se tornaram importantes para fazer uma correta sequenciação para que os doentes vivam mais tempo, mas com qualidade de vida, é isso que pretendemos.” Palavras de Maria Teresa Neves, da Unidade Local de Saúde (ULS) de Lisboa Ocidental, no âmbito da sua apresentação “Perspetivas atual e futura: algoritmo terapêutico do cancro colorretal metastático”, na sessão sobre cancro colorretal, que decorrem nas XII Perspectivas em Oncologia. Veja a entrevista.

Carcinoma de células renais: como selecionar o melhor tratamento
Francisco Paralta Branco
16 Fev. 2024

Francisco Paralta Branco, do Hospital Beatriz Ângelo, em Lisboa, palestrou sobre “Carcinoma de células renais: como selecionar o melhor tratamento”, na sessão dedicado ao cancro da bexiga e do rim, nas XII Perspectivas em Oncologia. Em entrevista, destacou os principais highlights.

Otimização das terapêuticas em HER2-positivo
Marta Vaz Batista e Rita Sousa
15 Fev. 2024

O primeiro dia das XII Perspectivas em Oncologia ficou marcado pelo simpósio satélite I, da aliança Daiichi-Sankyo e AstraZeneca, sobre “Optimize targeted therapies in HER2-positive aBC”. A sessão contou com a moderação de Cláudia Caeiro e com as palestras de Rita Sousa, da ULS de Santa Maria, e de Marta Vaz Batista, da ULS Amadora/Sintra. Veja as entrevistas das palestrantes.

Radiofármacia: “Uma área ainda pouco desenvolvida no âmbito da Farmácia Hospitalar”
João Pedro Pires
15 Fev. 2024

“Os objetivos da radiofarmácia são a preparação dos radiofármacos que são usados nos exames, neste caso, de PET”, partilha João Pedro Pires, farmacêutico na Unidade Local de Saúde (ULS) de São João, sobre a sua apresentação “O farmacêutico e o PET: perspetivas”, nas XII Perspectivas em Oncologia, que decorrem no Hotel Sheraton do Porto, desde ontem, 15 de fevereiro, até amanhã, 17 de fevereiro. Assista à entrevista.

3.º Congresso do Cancro da Mama do Algarve: “O objetivo é reunir profissionais de saúde e comunidade em geral”
Tânia Camilo
14 Fev. 2024

“Se alterarmos os hábitos de vida, podemos melhorar os efeitos secundários dos tratamentos e foi com esta base que surgiu o 3.º Congresso do Cancro da Mama do Algarve.” Palavras de Tânia Camilo, da comissão organizadora do encontro, que decorre já na próxima sexta-feira, 16 de fevereiro, no Hotel Vila Galé, Meia Praia, em Lagos. Veja a entrevista.

Tumores da tiroide em revisão: diagnóstico e tratamento
Valeriano Leite
13 Fev. 2024

“Estratégia de atuação de neoplasia da tiroide de baixo risco. Qual a resposta certa?” foi o título da sessão que contou com a moderação de Valeriano Leite, endocrinologista no IPO de Lisboa, a propósito do Congresso Português de Endocrinologia 2024. Em entrevista, o especialista faz uma revisão aos tumores da tiroide. Assista ao vídeo.

Apoio

AstrazenecaBayerBMSGSKJohnson & Johnson Innovative MedicineLillyMerck

 

MSDNovartisRocheSanofiTecnimede

 

MSD | AstraZenecaViatris