Atualidade

16 Fev. 2021

"Olho Clínico" é o novo podcast da MSD Portugal com o objetivo de comunicar ciência de forma rigorosa e analisar os recentes avanços científicos nas áreas de Oncologia e VIH. Sob o mote “A atualidade científica deve ser analisada com ‘olho clínico’”, os primeiros episódios já foram lançados.

16 Fev. 2021

Os tumores na órbita, globo ocular ou até pálpebra são uma realidade, ainda que pouco conhecida, a Sociedade Portuguesa de Oftalmologia (SPO) pretende consciencializar para a necessidade de estarmos cada vez mais atentos à nossa saúde ocular, em nome de uma deteção e tratamento precoces.

16 Fev. 2021

A GlaxoSmithKline (GSK) anunciou dados atualizados da coorte F de GARNET, que avaliaram dostarlimab em tumores sólidos avançados não-endometriais do tipo dMMR. Os dados foram apresentados no Simpósio 2021 da Sociedade Americana de Oncologia Clínica de Cancro Gastrintestinal (ASCO GI). Os resultados do estudo (resumo # 9) mostraram uma ORR=38,7% (N = 106, IC de 95%; 29,4-48,6), em doentes com tumores sólidos avançados do tipo dMMR que receberam dostarlimab, um anticorpo monoclonal anti-programmed death-1 (PD-1) em investigação clínica. Adicionalmente, após uma mediana de followup de 12,4 meses, a mediana da duração de resposta (mDOR) ainda não tinha sido alcançada e as respostas duráveis eram transversais em todos os tipos de tumor.

09 Fev. 2021

A Bristol-Myers Squibb anunciou que a Comissão Europeia (CE) aprovou nivolumab em associação com ipilimumab e dois ciclos de quimioterapia baseada em platina para o tratamento de primeira linha de doentes adultos com cancro do pulmão de células não-pequenas (CPCNP) metastático, cujos tumores não tenham mutação sensibilizante do recetor do fator de crescimento epidérmico (EGFR) nem translocação da quinase do linfoma anaplásico (ALK). A associação de nivolumab com ipilimumab e dois ciclos de quimioterapida é o primeiro tratamento baseado em dupla imunoterapia aprovado para doentes com esta doença na União Europeia.

09 Fev. 2021

A Merck e a Pfizer Inc. anunciaram que a Comissão Europeia (CE) aprovou avelumab em monoterapia para o tratamento de manutenção em primeira linha de doentes adultos com carcinoma urotelial (CU) localmente avançado ou metastático, que se encontram livres de progressão após quimioterapia à base de platina.

09 Fev. 2021

“Os superpoderes da Júlia” é o audiolivro infantil lançado pela Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC) para assinalar o Dia Mundial do Cancro. O projeto, que conta com o apoio da MSD Portugal, tem como objetivo ajudar os adultos a explicar às crianças o que é o cancro, qual o seu impacto no dia a dia da família e como podem os mais pequenos ajudar a fazer a diferença. A sessão de apresentação do projeto aconteceu a 4 de fevereiro, na página de Facebook da LPCC.

08 Fev. 2021

A segunda parte da comunicação do Prof. Doutor Guy Jerusalem, diretor do Serviço de Oncologia Médica do Centro Hospitalar Universitário de Liège, Bélgica, foi dedicada à análise de subgrupos dos ensaios clínicos MONARCH 2 e 3, realizados em doentes com cancro da mama avançado recetor hormonal-positivo (HR+), HER2-. O palestrante destacou os fatores de prognóstico identificados e as subpopulações de doentes que podem beneficiar mais do tratamento com abemaciclib.

08 Fev. 2021

O simpósio da Lilly no 17.º Congresso Nacional de Oncologia decorreu a 20 de novembro e contou com a moderação da Dr.ª Gabriela Sousa, diretora do Serviço de Oncologia Médica do IPO de Coimbra, e da Dr.ª Susana Sousa, médica oncologista do IPO do Porto. Os palestrantes foram o Prof. Doutor Guy Jerusalem, diretor do Serviço de Oncologia Médica do Centro Hospitalar Universitário de Liège, Bélgica, o Dr. Rui Dinis, diretor do Serviço de Oncologia Médica do Hospital do Espírito Santo de Évora, e a Dr.ª Leonor Matos, interna de Oncologia Médica do Hospital São Francisco Xavier – Centro Hospitalar Lisboa Ocidental, que abordaram o papel de abemaciclib na heterogeneidade do cancro da mama metastático HR+/HER2- e partilharam a sua experiência com o fármaco na prática clínica. 

08 Fev. 2021

Na primeira parte da sua intervenção, o Prof. Doutor Guy Jerusalem, diretor do Serviço de Oncologia Médica do Centro Hospitalar Universitário de Liège, Bélgica, discutiu a utilização de inibidores de CDK4/6 (iCDK4/6) no tratamento do cancro da mama avançado recetor hormonal-positivo (HR+), HER2-, com especial enfoque no perfil de eficácia e segurança de abemaciclib.

08 Fev. 2021

O Dr. Rui Dinis, diretor do Serviço de Oncologia Médica do Hospital do Espírito Santo de Évora, partilhou a sua experiência com abemaciclib na prática clínica, ilustrada por um caso clínico de cancro da mama com resistência primária a hormonoterapia adjuvante.

Newsletter

Agenda

Agenda News Farma

PUB

 

 

 

 

 

Apoio

AstrazenecaBayerBMSGSKLillyMerck

 

MSDPfizerRocheTecnimedeViatris

 

Aliança Merck | Pfizer