Atualidade

12 Out. 2019

"Uma organização sem memória é uma organização incompleta". Por essa razão, a comemoração do 30.º aniversário da Sociedade Portuguesa de Senologia reuniu "todos aqueles que, desde a sua génese e ao longo dos 30 anos, contribuíram para tornar a SPS naquilo que atualmente é", afirmou em entrevista o Dr. Fernando Castro. O My Oncologia reuniu, em imagens, alguns dos momentos que marcaram as XVIII Jornadas de Senologia. Veja a fotogaleria.

12 Out. 2019

"Quando delineámos as XVIII Jornadas de Senologia procurámos construir um programa aliciante e ambicioso e esse objetivo foi cumprido", uma convicção partilhada não só pela comissão organizadora, liderada pelo Dr. Fernando Castro, mas também pelos 400 participantes do evento que, ao longo de dois dias encheram o auditório do Hotel Tivoli Carvoeiro.

11 Out. 2019

Coube ao Dr. Fernando Castro, presidente da Sociedade Portuguesa de Senologia (SPS), dar as boas-vindas aos mais de 400 participantes que se reúnem, hoje e amanhã, nas XVIII Jornadas de Senologia. “Numa altura em que o tempo e a disponibilidade escasseiam, é imprescindível reconhecer aqueles que decidem colaborar nos eventos científicos organizados pela SPS e que irão contribuir para o seu elevado nível científico”, afirmou na sessão de abertura que decorreu esta manhã.

11 Out. 2019

As XVIII Jornadas de Senologia terão como último momento do programa científico, no dia 12, uma sessão dedicada à discussão de casos clínicos por elementos das Unidades de Mama, a partir de um inquérito anónimo promovido pela Sociedade Portuguesa de Senologia (SPS). A começar às 15h40, esta será uma sessão interativa, com a votação simultânea por parte da audiência das Jornadas, e cujas respostas serão o ponto de partida do debate.

08 Out. 2019

Foram publicados no New England Journal of Medicine os dados que demonstraram que os doentes com cancro da próstata metastático resistente à castração (CPmRC) previamente tratados com docetaxel e que progrediram nos 12 meses com um agente alvo de sinalização de androgénios (abiraterona ou enzalutamida) apresentaram uma sobrevivência livre de progressão radiográfica (SLPr) significativamente mais longa com cabazitaxel mais prednisona comparativamente com a abiraterona mais prednisona ou mais enzalutamida. A sobrevivência global (SG) com cabazitaxel  também foi significativamente mais longa. Estas conclusões do ensaio CARD foram apresentadas num Simpósio Presidencial do Congresso de 2019 da Sociedade Europeia de Oncologia Médica (European Society of Medical Oncology, ESMO), em Barcelona, Espanha.  

08 Out. 2019

O Dr. Sérgio Dias, investigador principal do Instituto de Medicina Molecular João Lobo Antunes (IMM) na área do cancro, referiu em declarações que as descobertas dos cientistas distinguidos com o Nobel da Medicina “são bastante importantes, uma vez que possibilita novas estratégias para bloquear o mecanismo utilizado pelas células do cancro para se multiplicarem.

08 Out. 2019

O congresso anual da Sociedade Europeia de Oncologia Médica, ESMO, acaba de fechar portas em Barcelona. Cinco dias em que foi possível apresentar e debater sobre os últimos desenvolvimentos na área do diagnóstico e tratamento do cancro e em que a Medicina Personalizada esteve muito presente.

08 Out. 2019

No ano em que se assinalam os dez anos da Fundação Rui Osório de Castro (FROC), a  mesma reforça a necessidade de mais investigação em oncologia pediátrica e participação das crianças portuguesas em ensaios clínicos. A Fundação tem como missão apoiar e proteger as crianças com cancro e os seus familiares, concentrando a sua atividade em duas grandes áreas - informar e promover a investigação.

08 Out. 2019

Celebrado anualmente a 13 de outubro, o World Thrombosis Day é um movimento global, liderado pela Sociedade Internacional de Trombose e Hemostasia (ISTH), que em Portugal conta com o apoio do Grupo de Estudos de Cancro e Trombose (GESCAT) para promover a consciencialização sobre a trombose, aumentando o conhecimento e compreensão sobre os riscos e a importância da sua prevenção.

02 Out. 2019

O estudo PRIMA, apresentado no simpósio presidencial na Sociedade Europeia de Oncologia Médica – ESMO 2019 e publicado simultaneamente no The New England Journal of Medicine, é o primeiro a demonstrar que um inibidor de PARP melhora significativamente o PFS, independentemente do status de BRCA, quando administrado como monoterapia em mulheres com cancro do ovário avançado com resposta à terapia com platina em primeira linha.

Newsletter

PUB

 

PUB

Apoio


BayerBMSMerckMSDPfizer OncologyRocheTakeda